Marília

Marília

Aceitos cachorros em apartamento pequeno
522 avaliações
Herói não favorito

R$50

por noite
  • Tempo de resposta: ~ 2 h
  • Taxa de resposta: 100%

Politica de cancelamento: Moderada

2 Avaliações

Monika
55
26/08/2017 a 27/08/2017
HOSPEDAGEM VERIFICADA

A Marília é uma querida, cuidou muito bem do Tommy e me deixou super tranquila, mandando vídeos super engraçados...ela tem uma cachorrinha filhote que fez ele gastar toda energia que estava acumulada, brincaram muito! Com certeza vou deixá-lo aos seus cuidados novamente ;)

André
55
08/07/2017 a 10/07/2017
HOSPEDAGEM VERIFICADA

Marília foi muito atenciosa e cuidou muito bem da Kimi! Recomendo :)

Sobre Marília

Cresci em uma casa cheia de cachorros (12!!), e desde cedo já tinha responsabilidades como alimentá-los, limpar suas bagunças e prevenir brigas (casa com muito cachorro sabe como é né?). Vi a grande maioria dos meus cachorros nascer e cuidei deles desde pequeninhos - quando ainda precisavam de ajuda pra tudo -, até quando já estavam velhinhos e precisavam de mais cuidados ainda, inclusive passando, infelizmente, por cirurgias e doenças. Morei um ano em Floripa com minha parceira pra TUDO (tudo mesmo, desde piscina a passeios de bike e corridas!) de 15 anos, uma cocker spaniel chamada Mel, quem amo como irmã (a expectativa de vida de um Cocker é de aproximadamente 14 anos, a minha estava com 15 e todo o gás, fruto de uma vida com muito cuidado e carinho, quando um câncer violento nos pegou de surpresa e, apesar de todos os esforços ela veio a falecer :'( ). A mudança da casa dos meus pais para meu apartamento foi fácil pra ela, ela foi super mimada com 2 ou 3 passeios de mais de meia hora por dia, os quais eu não nunca me importei nem um pouco em fazer pois além de ser um momento de relaxação, adorava ver a sua animação quando percebia que ia passear! Pulava e rodopiava, era o único momento que eu a ouvia latir. Ai de mim se acordasse e não fosse logo passear com ela! Eram sagrados os horários de passear e ela sabia cobrar se eu não cumprisse. Mesmo em dias de chuva, ela usava uma linda capinha de chuva amarela pra poder passear. Aqui em casa não há restrições, pode subir no sofá, na cama, ganhar petiscos pra cachorros, só não divido minha própria comida até mesmo porque pode fazer muito mal pros nossos amiguinhos. O apartamento é bem pequeno, mas não há áreas restritas. Mesmo depois de meses que ela se foi, não tem um canto do meu apê que ainda não tenha uma bolinha de pelo da Mel haha. Depois dela, fiquei com mais duas cadelinhas com quem cresci, Filó e Neve (sobrinha e filha da Mel), infelizmente meu tempo durante a semana era pouco e decidi que o melhor pra elas era ficar com meus pais mesmo. Recentemente me voluntário para ser lar temporário em uma ONG mas logo na primeira vez me apaixonei e acabei ficando com a cadelinha, Kaká ela se chama. É novinha ainda, super amigável e brincalhona. Tenho sacada que apesar de não ser telada tem um murinho bem alto. Como o apartamento é pequeno tenho um ar condicionado bem bom que fica ligado refrigerando todos os locais em dias muito quentes, sei bem como os cachorros sofrem com o calor tanto quanto nós, especialmente os mais peludos! Cachorros muito grandes também talvez não se adaptem muito bem por causa do espaço limitado, mas se o dono estiver a fim de tentar não me oponho! Adoro cachorros grandões! Em caso de emergência possuo carro e posso levar o dog onde for necessário. Por causa da Mel conheço algumas pet shops por perto e em especial uma com atendimento 24hrs. Meus hóspedes receberão tratamento VIP, muitos passeios, brincadeiras e muito carinho garantidos!

  • Somente um cliente por vez
  • Provê exercícios diários
  • Aplica medicação oral

Como é a hospedagem

Meu apartamento é bem pequeno, mas isso nunca foi problema pros meus cachorros. Cresci em uma casa grande com vários cachorros, então quando vim morar sozinha em um apartamento pequeno fiquei com medo de trazer minha Mel comigo, mas não consegui resistir e depois de um mês a saudade apertou e trouxe ela pra ficar comigo. Ela se adaptou super bem, 2 ou 3 passeios por dia, e visitas ao campinho da Trindade e ao campus da UFSC nos finais de semana e em dias que eu tinha mais tempo satisfaziam muito bem as necessidades dela. infelizmente ela já era bem velhinha (quase 16 já) e acabou falecendo por conta de um câncer muito agressivo. Eu comecei então a ser voluntária em uma ONG como lar temporário para cães esperando uma adoção, mas logo na primeira vez acabei me apaixonando por uma hóspede e adotei ela. Se chama Kaká, é super amigável e brincalhona. Filhotona ainda.

  • Mora em apartamento
  • Tem animais
  • Seu pet pode subir no sofá
  • Seu pet pode subir na cama
  • Sem fumantes na casa
  • Ver todos

Eu moro nessa região

  • Trindade

Preferências

  • Machos, somente castrados

  • Restrições: Não aceito gatos.

Disponibilidade

Vago
Vago com hóspede
Sem vaga
  • Tempo de resposta: ~ 2 h
  • Taxa de resposta: 100%
  • Recebe até 1 pets por noite.

Pets de Marília

dog Kaká
Kaká
01 ano / Sem Raça Definida (SRD)

Todas as hospedagens feitas pela DogHero estão cobertas por nossa Garantia Veterinária

Eu moro nessa região

  • Trindade

Perfil atualizado há 2 meses

R$50 por noite